Jornal do Tempo | Notícias

Temperaturas despencam a partir de hoje no Sul e frio chega ao Sudeste na segunda-feira

Previsão indica mínimas negativas e há condição para neve no começo da próxima semana nas Serras gaúcha e catarinense

22/08/2013 10:20:00

Por: Deliane Assis

As chuvas que atingem parte do Rio Grande do Sul desde cedo impede a elevação das temperaturas no oeste e sul do Estado nesta quinta-feira e a máxima fica inferior aos 20°C. Já na metade norte gaúcha, a frente fria servirá apenas para amenizar o calor e os termômetros ainda chegam aos 24°C hoje. Entre Santa Catarina e o Paraná, o dia ainda será quente. Amanhã o dia já começa gelado, com mínima entre 0°C e 3°C na Campanha Gaúcha. À tarde, a máxima não passa dos 12°C no centro, oeste e sul do Rio Grande do Sul e dos 18°C no sul de Santa Catarina.

De acordo com os meteorologistas da Somar, uma outra onda frio é prevista já para o início da próxima semana no Sul do país e desta vez as temperaturas ficam ainda mais baixas. Há previsão de mínimas negativas, entre -6°C e -3°C na Serra do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e entre -2°C e -1°C no interior dos dois Estados, além do sul do Paraná. "Há inclusive possibilidade de neve nas Serras gaúcha e catarinense na terça-feira, dia 27", diz a meteorologista Elisa Glitzenhirn.

No Sudeste, a semana termina com temperaturas elevadas e a máxima passa dos 33°C no noroeste de São Paulo e Triângulo Mineiro e chega aos 30°C no Espírito Santo e Rio de Janeiro. No fim de semana o calor até diminui um pouco em parte do litoral paulista e fluminense, mas mesmo assim o tempo permanece abafado. Já entre os dias 26 e 28 de agosto, a passagem de uma frente fria pela costa derruba a temperatura no sul e leste de São Paulo, Rio de Janeiro e sul de Minas Gerais devido, com máxima que não passa dos 21°C. No dia 2 de setembro, espera-se outro declínio da temperatura máxima ao longo da costa do Sudeste.

O calor toma conta do Centro-Oeste e até amanhã os termômetros passam dos 36°C em Mato Grosso e dos 33°C em Goiás e Mato Grosso do Sul. No entanto, a partir do fim de semana a massa de ar polar que está no Sul do país avança e derruba a temperatura no sudoeste de Mato Grosso e no oeste e sul de Mato Grosso do Sul, com máxima de apenas 12°C em Mato Grosso do Sul e de 21°C em Mato Grosso. A partir de 28 de agosto, o calor retorna para toda a Região.

As temperaturas entram em gradativa elevação no sul da Bahia e a partir do dia 26 de agosto espera-se um período de calor intenso em toda a Região Nordeste, inclusive no sul baiano. De acordo com os meteorologistas da Somar, a temperatura volta a cair nessa região em 29 de agosto devido a chegada de uma nova frente fria a Bahia.

A Região mais quente do Brasil continua sendo a Norte do país e a semana termina com calor extremo, com máximas de mais de 36°C na maior parte dos Estados. No fim de semana, o calor até diminui um pouco no Acre e em Rondônia, mas na próxima semana o calor volta com tudo e prossegue até pelo menos 2 de setembro em todas cidades.

Últimas notícias

Buscar notícias