Jornal do Tempo | Notícias

Espírito Santo: chuvas deixam cerca de 100 desalojados no interior do Estado e Grande Vitória está tomada pela água

Meteorologia alerta para chuvas fortes no norte do Espírito Santo nos próximos dias, com o avanço da frente fria

12/12/2013 17:05:00

Por: Rafaela Vendramini

A frente fria, que provocou estragos ontem no Rio de Janeiro-RJ e Baixada Fluminense, hoje avançou para o Espírito Santo e também trouxe prejuízos para o Estado capixaba. De acordo com a Defesa Civil do Estadual 15 municípios foram atingidos pela chuva forte nesta quinta-feira. O mais afetado foi Bom Jesus do Norte-ES, onde cerca de 100 pessoas estão desalojadas. O nível do rio Itabapoana subiu e está dois metros acima do normal. Em Vitória-ES o maior problema foram as ruas e avenidas alagadas.

Na capital do Espírito Santo hoje choveu mais de 100mm, o que corresponde a metade da média para todo o mês. Até agora o volume de chuva chega a 225mm, sendo que o normal para dezembro são 195mm na cidade. Os maiores acumulados de hoje foram registrados em Santa Teresa-ES, com 79mm, Alfredo Chaves-ES, com 61mm e Afonso Cláudio-ES, com 53mm. As chuvas foram generalizadas e provocaram deslizamentos de terra e alagamentos em todo o Estado.

A atenção continua para essas áreas, pois na sexta-feira o canal de umidade fica mais direcionado para o centro-norte de Minas Gerais e o o norte do Espírito Santo, com o avanço da frente fria. Segundo os meteorologistas da Somar, o risco para transtornos ainda é alto, devido a previsão de chuva forte, que pode vir acompanhada de intensas rajadas de vento e trovoadas. Em Vitória-ES as chuvas perdem intensidade, mas o dia ficará fechado e com temperatura máxima de 26°C.

No sábado ainda chove forte durante a madrugada no centro-norte de Minas Gerais e divisa do Espírito Santo com a Bahia. Porém, essas precipitações diminuem no decorrer do dia e voltam a ganhar força no fim da noite. Assim esta região fica em Estado de Alerta por conta da condição para transtornos. Nas demais áreas do Sudeste, a condição é mais típica de verão, com sol entre muitas nuvens e devido ao retorno dos ventos que sopram de norte, há sensação de abafamento.

Além disso, o avanço da mais intensa massa de ar polar do último mês deixa as madrugadas mais frias em São Paulo, centro, sul e leste de Minas Gerais e interior dos Estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo até pelo menos o dia 18 de dezembro.

Últimas notícias

Buscar notícias