Jornal do Tempo | Notícias

Chuvas retornam aos poucos para Minas Gerais, mas já provocam estragos em algumas cidades mineiras

21/01/2014 15:12:00

Por: Rafaela Vendramini


Os primeiros 20 dias do mês foram de tempo seco e quente em todo o Estado de Minas Gerais, mas desde o último domingo a chuva voltou a atingir algumas cidades mineiras. O problema é que com a atmosfera mais abafada, as precipitações são fortes e acompanhadas de trovoadas e ventos, o que provoca alguns estragos. Na tarde de segunda-feira a chuva em Belo Horizonte-MG derrubou cinco árvores e deixou várias ruas alagadas, além disso, houve queda de granizo na capital mineira de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia.

Nesta terça-feira Minas Gerais registrou os maiores acumulados de chuva do Brasil, com um volume de 75mm em Pirapora-MG nas últimas 24 horas, o que corresponde a maior chuva do mês na cidade, e 73mm em Lavras-MG. Esses temporais causaram estragos também no sul do Estado, com pontos de alagamentos e a queda de quatro árvores em São Lourenço-MG e a falta de energia elétrica em Cana Verde-MG.

Os meteorologistas da Somar alertam para o risco de chuva entre moderado e forte em toda a Região Metropolitana de Belo Horizonte-MG amanhã, com potencial para alagamentos intransitáveis. As chuvas poderão ser mais intensas e com acumulados significativos na Zona da Mata mineira seguido do centro-sul do Estado.

Na quinta-feira há previsão de chuvas isoladas sobre toda a região Sudeste. Boa parte desta chuva, especialmente as precipitações em Minas Gerais, serão reforçada por um sistema meteorológico de ventos em altos níveis conhecido como cavado, que contribui para o aumento de nuvens carregadas ao longo do dia. Mesmo com as pancadas de fim de tarde, faz calor em Belo Horizonte-MG, com máximas em torno dos 31°C nesta semana.

Últimas notícias

Buscar notícias