Jornal do Tempo | Notícias

Próxima semana terá chuva em todo o país

Chuva atinge todas as regiões até o final da próxima semana

13/01/2017 15:51:00

Por: Monique Gentil

O tempo firme predomina no Sul e Sudeste do país, enquanto a chuva se concentra no Centro-Norte durante este fim de semana. Mas de acordo com a previsão da Somar Meteorologia, este padrão deve mudar e a chuva promete atingir toda as regiões na próxima semana.

Segundo a meteorologista da Somar, Juliana Resende, a formação de um ciclone extratropical na madrugada do domingo para a segunda-feira (16) entre Argentina e Uruguai, origina uma frente fria que deve se afastar para o oceano, e trazer chuva principalmente para o sul e centro do Rio Grande do Sul no início da semana.

O sistema perde força rapidamente, à medida que se desloca pelo oceano rumo ao Sudeste, o tempo volta a abrir no Rio Grande do Sul, enquanto a frente fria leva a chuva para os Estados de Santa Catarina e Paraná que recebem os maiores volumes na terça-feira (17). “As precipitações devem perder força a partir da quinta-feira (19) na região Sul. Apenas na metade norte do Paraná é que pancadas de chuva ainda podem ocorrer, mas de forma menos intensa e mais localizada”, comenta a profissional.

No Sudeste a chuva ocorre desde o fim de semana principalmente no norte de Minas Gerais e Espírito Santo, mas com a atuação da frente fria, as instabilidades passam a se concentrar entre o leste do Estado de São Paulo, inclusive na capital, sul de Minas Gerais e Rio de Janeiro, com os maiores acumulados previstos também entre a terça e a quinta-feira. Já no norte do Sudeste, é o tempo firme que volta a predominar até o final da semana.

Com as áreas de instabilidade mais intensas no Sudeste, a umidade da Amazônia é canalizada sobre o Centro-Oeste, o que favorece a formação de nuvens de chuva em toda a região, mas as precipitações também perdem força rapidamente, e passam a ocorrer em forma de pancadas rápidas e isoladas com o passar da semana. “Em Brasília, os maiores acumulados devem acontecer entre a segunda e a terça-feira, depois, os temporais passam a se concentrar no norte e oeste do Mato Grosso”, afirma Juliana.

Nas regiões Norte e Nordeste, a meteorologista chama atenção para a mudança no padrão das chuvas. “Até a última semana, as precipitações ocorriam principalmente no oeste do Norte e norte do Nordeste, mas com o deslocamento dos sistemas por conta da frente fria, as chuvas devem se concentrar no leste da região Norte, e podem inclusive voltar a afetar os arredores de Manaus na quinta-feira”, alerta. A capital amazonense passou por dificuldades com as chuvas durante a virada do ano e encerrou dezembro com chuva acima do dobro da média do mês.

Já na região Nordeste, a chuva deve ser bem-vinda, uma vez que as instabilidades devem voltar a atingir o interior de forma mais significativa. As precipitações devem acontecer principalmente no MATOPIBA (área que abrange os Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) e podem ajudar a aliviar o solo seco, mas segundo Juliana, “o cenário se torna mais favorável, porém ainda não deve ser o suficiente para recuperar as cidades que passaram por colapso hídrico”.

Últimas notícias

Buscar notícias