Jornal do Tempo | Notícias

Furacão Michael é o mais forte em 13 anos

O Furacão Michael já deixou dois mortos nos Estados Unidos

11/10/2018 15:58:00

Por: Paula Nobre

A Tempestade Tropical Michael, foi formada no Golfo do México no último sábado (06) próximo a Honduras e se tornou um Furacão no dia 08 de outubro, última segunda-feira.

Os ventos da tempestade chegaram aos 250km/h, atingindo a categoria 4 de furacão da escala Saffir-Simpson, que vai de 1 a 5. O Furacão Michael tocou o solo americano, na região de Panhandle, no noroeste da Flórida na tarde dessa quarta-feira (10).

Dentre os fenômenos relacionados houve registro de forte chuva, ventos intensos e inundações. Além disso, alerta as ondas do mar que estão previstas para chegar entre 2 e 4 metros de altura na costa da Florida.

Os modelos numéricos de previsão do tempo indicam acumulados acima dos 300mm até o dia 14 de outubro entre a Flórida e a Georgia, outros podem chegar aos 800mm.

O Furacão Michael já deixou dois mortos nos Estados Unidos e pelo menos 13 mortes nos países do centro da América, como Nicarágua, Honduras e El Salvador, segundo a imprensa oficial local.

Michael é o mais forte furacão dos últimos anos

Esse deve ser o mais forte furacão a atingir o trecho da costa de Panhandle, na Flórida, em 13 anos. Segundo Meteorologistas da Universidade Estadual do Colorado (Colorado State University-CSU): Desde 1851, foram 9 grandes furacões que chegaram a atingir Panhandle da Florida.

A última vez que se teve um Furacão nessa região foi em 2005, Dennis, com uma velocidade de 195km/h e pressão menor do que a de Michael.

Por que tanto furacão é formado nesta época do ano?

Durante todo o verão e agora no começo do outono, na região do Caribe as temperaturas da superfície do mar tem oscilado entre 28 e 30°C, o que é um dos fatores que ajuda na formação desse sistema.

Essa temporada de furacões está no fim junto com o esfriamento dessas águas.

Últimas notícias

Buscar notícias