Jornal do Tempo | Notícias

Calor de 34°C e umidade de 13% e colocam capital paulista em estado de alerta

Número de queimadas em 24h é maior que nos primeiros 10 dias de outubro de 2013

10/10/2014 15:43:00

Por: Rafaela Vendramini


O tempo seco se instalou em São Paulo desde o início da semana e com a volta do calor a umidade despencou. A temperatura é inversa à umidade do ar e por isso que hoje, quando os termômetros marcaram 34,4°C na cidade, o índice que mede a quantidade de vapor de água na atmosfera caiu para 13% e deixou a capital paulista em estado de alerta.

Além disso, segundo a CETESB (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), a qualidade do ar na capital paulista está moderada. Nessas condições, os mais prejudicados são àqueles com doenças respiratórias, porque podem apresentar sintomas como tosse seca e cansaço. Além disso, é preciso umidificar o ambiente, evitar exposição ao sol nas horas mais quentes do dia e usar soro fisiológico no nariz e nos olhos.

A falta de chuvas piora a qualidade do ar nas cidades e aumenta o número de queimadas. Somente nas últimas 24 horas foram registrados 56 focos de calor pelos satélites de referência do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Esse valor é maior do que o observado nos primeiros 10 dias de outubro de 2013 no Estado, quando ocorreram apenas 33 incêndios florestais.

Nos primeiros 10 dias de outubro, o Estado de São Paulo já teve 247 focos de calor e a cidade onde mais queimou foi São Joaquim da Barra, há 367 quilômetros da capital, com 11 queimadas.

[*BPrevisãoB*]

A previsão do tempo não é animadora, porque não deve chover na próxima semana no Sudeste. O tempo mais aberto favorece a rápida elevação das temperaturas no decorrer do dia e com isso faz calor em todos os Estados da região neste fim de semana. As máximas vão passar dos 33°C no norte de São Paulo e no Triângulo Mineiro.

Últimas notícias

Buscar notícias