Jornal do Tempo | Notícias

Sem previsão de chuva nos próximos 10 dias, plantio de arroz avança no Rio Grande do Sul

Período ideal para a instalação da lavoura vai até 20 de novembro

11/11/2014 15:08:00

Por: Rafaela Vendramini


Uma das culturas mais afetadas pelas chuvas constantes entre setembro e outubro no Rio Grande do Sul foi o arroz. O plantio, que começou há cerca de dois meses, ficou vários dias paralisado e está atrasado. Mas a previsão de tempo no Estado para as próximas duas semanas deve ajudar os produtores a colocar as máquinas no campo e praticamente finalizar os trabalhos até o dia 20 de novembro, o fim da janela ideal de instalação das lavouras.

Por conta desta indefinição, o levantamento de safras da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) divulgado hoje mostra que a produção de arroz pode tanto ter um aumento de 4%, como pode cair 5,2% em relação ao ano passado. Um número mais exato só deve ser conhecido no relatório do mês que vem.

Pelo menos a previsão é otimista. “Para a região Sul do país teremos um período de tempo seco prolongado, no máximo teremos chuvas fracas”, explica o meteorologista Celso Oliveira, da Somar Meteorologia.

A Fronteira Oeste é a região com maior índice de semeadura, e o menor índice está na região da Campanha. O lado bom de toda essa chuva é que a quantidade de água disponível nos mananciais é considerada suficiente para irrigação.

E essa diminuição das chuvas até o dia 20 de novembro não significa seca total a partir de agora. Em dezembro, os modelos climatológicos indicam chuva acima da média para o Rio Grande do Sul. A tendência é de uma segunda quinzena mais chuvosa.

Últimas notícias

Buscar notícias